Exames


11-DESOXICORTICOSTERONA

Sinônimos:

Método:
Radioimunoanálise (LOINC®: RIA)

Prazo:
24h

Interpretação:

Referência:
Adultos: 40 - 170 pg/mL Intervalos de referência de acordo com a idade e fase da puberdade: Idade Menino (pg/mL) Menina (pg/mL) < 1 ano 70 - 520 70 - 570 1 - 5 anos 43 - 160 40 - 490 6 - 12 anos 20 - 130 60 - 340 P2 - P3* 20 - 130 40 - 300 P4 - P5* 50 - 130 50 - 140 *Classificação de Tanner(CT) CT Menino Menina P2 9-15(média:12-13) 8-14(média:11-12) P3 11-16(média:13-14) 9-15(média:12-13) P4 11-17(média:14-15) 10-16(média:13-14) P5 14-18(acima de 16) 12-19(acima de 16)

17 - CETOESTERÓIDES

Sinônimos:
17-KS

Método:
Colorimétrico

Prazo:
24h

Interpretação:
Uso: teste utilizado para diagnóstico de função adrenal e testicular em homens. Valores aumentados: carcinomas adrenais, uso de ACTH, tumores testiculares, síndrome de Cushing, síndrome adrenogenital, arrenoblastoma e tumor uterino do ovário (se androgênico), stress agudo, terceiro trimestre de gravidez, administração de testosterona, cromógenos urinários não específicos. Valores diminuídos: doença de Addison, pan-hipopituitarismo, hipotireoidismo, nefrose, hipogonadismo masculino, agenesia ovariana primária.

Referência:
Crianças: Até 1 ano : 0,0 a 1,0 mg/24h 1 a 4 anos : 0,0 a 2,0 mg/24h 5 a 8 anos : 0,0 a 3,0 mg/24h 8 a 12 anos : 3,0 a 10,0 mg/24h 13 a 16 anos : 5,0 a 12,0 mg/24h Homem : 6,0 a 22,0 mg/24h Mulher : 4,0 a 16,0 mg/24h Metodologia desenvolvida e validada pelo Alvaro Centro de Análises e Pesquisas Clínicas.

17 - HIDROXI PREGNENOLONA - CURVA

Sinônimos:
17-OH-Prenenolona

Método:
Radioimunoensaio

Prazo:
40 dias

Interpretação:
Uso: defeitos da 3-beta-hidroxiesteróide dehidrogenase

Referência:
Homens : 0.38 a 3.50 ng/mL Mulheres : 0.31 a 3.80 ng/mL Crianças : < 0.10 ng/mL

17 - OH CORTICOSTERÓIDES

Sinônimos:
17- Hidroxicorticosteróides

Método:
Colorimétrico

Prazo:
24h

Interpretação:
Uso: teste de função adrenocortical; avaliação da produção de glicocorticóides e função neuroendócrina, função testicular e adrenal e da secreção androgênica adrenal em mulheres. Metabólitos urinários de glicocorticóides podem ser mensurados por 17-KS e 17-OH. Valores aumentados: síndrome de Cushing, stress significativo, síndromes adrenogenitais (deficiências de 11 e 21 hidroxilase). Valores diminuídos: doença de Addison, hipopituitarismo, cretinismo. Interferentes: acetazolamida +, colchicina +, digitálicos +, eritromicina +, hidroxizina +, menadiona +. As amostras devem ser corretamente coletadas em seus volumes e tempos.

Referência:
Criança: Até 1 ano : até 1,0 mg/24h 1 a 4 anos : até 2,0 mg/24h 5 a 9 anos : até 3,0 mg/24h 9 a 16 anos : 2,5 a 10,0 mg/24h Homem : 6,0 a 15,0 mg/24h Mulher : 9,0 a 22,0 mg/24h Metodologia desenvolvida e validada pelo Alvaro Centro de Análises e Pesquisas Clínicas.

17 ALFA - HIDROXI PROGESTERONA (17 OHP) - CURVA

Sinônimos:
17 OHP

Método:
Radioimunoensaio

Prazo:
12h

Interpretação:
Uso: diagnóstico da Hiperplasia Adrenal Congênita, deficiência da 21-hidroxilase, diagnóstico de hirsutismo e infertilidade feminina; monitoramento terapêutico. A 17 - alfa - hidroxiprogesterona (17-OHP) é um esteróide intermediário na biossíntese do cortisol. Valores aumentados: hiperplasia adrenal congênita (genitália ambígua nas meninas e macrogenitossomia nos meninos), em alguns casos de neoplasias adrenais ou ovarianas. Valores diminuídos: pseudohermafroditismo masculino, doença de Addison, tratamento com esteróides (cortisona, hidrocortisona). Alguns casos de deficiência de 21 - hidroxilase de início adulto podem resultar em valores basais normais da 17 - alfa - hidroxiprogesterona, sendo encontrados aumentos exacerbados com o estímulo por ACTH

Referência:
Homens: 59,0 a 344,0 ng/dL Mulheres: Fase folicular: 11,0 a 108,0 ng/dL Fase lútea: 95,0 a 500,0 ng/dL Gravidez: Primeiro trimestre: 250,0 a 978,0 ng/dL Segundo trimestre: 340,0 a 850,0 ng/dL Terceiro trimestre: 453,0 a 1886,0 ng/dL Pré Pubere: 1 a 6 meses: 13,0 a 173,0 ng/dL 6 meses a 1 ano: 11,0 a 173,0 ng/dL 1 a 11 anos: 10,0 a 139,0 ng/dL Após estímulo: 1 a 6 meses: 85,0 a 250,0 ng/dL 6 meses a 1 ano: 85,0 a 466,0 ng/dL Metodologia antiga: Elisa ATENÇÃO:Nova metodologia a partir de 16/01/13.

17 ALFA HIDROXI PROGESTERONA

Sinônimos:
17 OHP

Método:
Radioimunoensaio

Prazo:
24h

Interpretação:
Uso: diagnóstico da Hiperplasia Adrenal Congênita, deficiência da 21-hidroxilase, diagnóstico de hirsutismo e infertilidade feminina; monitoramento terapêutico. A 17 - alfa - hidroxiprogesterona (17-OHP) é um esteróide intermediário na biossíntese do cortisol. Valores aumentados: hiperplasia adrenal congênita (genitália ambígua nas meninas e macrogenitossomia nos meninos), em alguns casos de neoplasias adrenais ou ovarianas. Valores diminuídos: pseudohermafroditismo masculino, doença de Addison, tratamento com esteróides (cortisona, hidrocortisona). Alguns casos de deficiência de 21 - hidroxilase de início adulto podem resultar em valores basais normais da 17 - alfa - hidroxiprogesterona, sendo encontrados aumentos exacerbados com o estímulo por ACTH

Referência:
Homens: 59,0 a 344,0 ng/dL Mulheres: Fase folicular: 11,0 a 108,0 ng/dL Fase lútea: 95,0 a 500,0 ng/dL Gravidez: Primeiro trimestre: 250,0 a 978,0 ng/dL Segundo trimestre: 340,0 a 850,0 ng/dL Terceiro trimestre: 453,0 a 1886,0 ng/dL Pré Pubere: 1 a 6 meses: 13,0 a 173,0 ng/dL 6 meses a 1 ano: 11,0 a 173,0 ng/dL 1 a 11 anos: 10,0 a 139,0 ng/dL Metodologia antigo: Elisa ATENÇÃO:Nova metodologia a partir de 16/01/13.

17 ALFA HIDROXI PROGESTERONA- NEO

Sinônimos:
17 OHP NEO

Método:
Imunofluorimétrico

Prazo:
3 dias

Interpretação:
Ver Teste do Pezinho. Doença : Hiperplasia adrenal congênita Produção de hormônios em grandes quantidades pela hipófise, resultando na estimulação demasiada da glândula adrenal. Os androgênios secretados durante o desenvolvimento do feto feminino podem causar a masculinização da genitália externa; no feto masculino os órgãos sexuais apresentam-se normais, mas a precocidade sexual torna-se aparente alguns meses depois. Nos indivíduos afetados há crescimento acelerado e maturação óssea precoce, de modo que a estatura baixa é o resultado típico final

Referência:
Peso ao nascer: 17 OH Progesterona Inferior a 1250 g Até 73,6 ng/mL Entre 1250 e 2249 g Até 40,8 ng/mL Superior a 2250 g Até 20,9 ng/mL

3 - ALFA ANDROSTANEDIOL GLUCORONIDE

Sinônimos:
Androstenediol, 3 alfa diol

Método:
Radioimunoensaio

Prazo:
48 horas

Interpretação:
Uso: marcador da atividade androg�nica, o 3 - alfa diol glucoron�deo � utilizado para o diagn�stico e a terap�utica do hirsutismo, acne em mulheres e hipogonadismo masculino. O 3 - alfa - androstenediol glucoron�deo � o principal metab�lito perif�rico da dehidrotestosterona (DHT). Valores aumentados: hirsutismo idiop�tico (com n�veis normais de testosterona), aumento da atividade da 5 - alfa - redutase (levando ao aumento da DHT), hirsutismo associado a ov�rio polic�stico, acne (em mulheres).

Referência:
Mulheres Pr�-menopausa : 0,50 a 5,40 ng/mL Mulheres P�s-menopausa : 0,10 a 6,00 ng/mL Homens : 3,40 a 22,00 ng/mL

© 2020. Vitale Laboratório. Todos os direitos reservados.
Topo